sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Metallica continua apoiando pais de fã morta


De acordo com o The Pulse Of Radio, passados três anos após a morte de Morgan Harrington de 20 anos de idade, que era fã do METALLICA e havia desaparecido depois de deixar um dos shows da banda, onde só foi encontrada meses depois, os pais da jovem dizem que a banda continua apoiando seus esforços para resolver o caso e trazer o assassino à justiça. A mãe de Morgan, Gil Harrington, disse ao site Noisecreep, "Foi humilhante desde o início. Dois dias após Morgan ter sido sequestrada, eles poderiam ter adiantado uma ocorrência. O frontman do Metallica, James Hetfield, quis conversar com Dan (Harrington, pai de Morgan), como um pai, e perguntou: 'O que podemos fazer?'. Três anos, e eles ainda estão tentando resolver isso. James participou juntamente com o FBI e fizeram anúncios de útlilidade pública".

O Metallica também acrescentou 50.000 dólares à recompensa de 100.000 dólares já oferecida pelos Harringtons, afim de obter informações sobre o assassinato de sua filha, e investiu mais 50.000 dólares em uma bolsa nomeada em sua memória.

No entanto, outros 40.000 dólares, vindos das vendas de edições especiais da camiseta "Enter Sandman", foram doados em nome de Harrington para um fundo de bolsa de estudos médicos na Universidade Virginia Tech, onde a vítima estudava.

O caso permanece sem solução e os pais de Morgan continuam a pressionar a investigação na esperança de que o assassino não venha fazer outras vítimas.

Morgan desapareceu enquanto pedia carona para casa apóes um show da banda no campus de Virginia Tech, em 17 de outubro de 2009. Seus restos mortais foram encontrados em uma fazenda a cerca de 10 quilômetros do local, em janeiro de 2010.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário